A gordura abdominal tem vários nomes, mas independentemente do que lhe chames, esses centímetros a mais na zona central são uma questão séria, e não apenas por teres mais dificuldade em entrar nas tuas calças de ganga favoritas. A gordura abdominal é única no sentido em que tem um impacto muito mais negativo na tua saúde que outros tipos de gordura.

Existem 3 tipos de gordura: triglicerídeos (a gordura que circula no teu sangue), gordura subcutânea (a camada diretamente abaixo da superfície da pele) e gordura visceral (gordura abdominal). A gordura visceral localiza-se abaixo dos músculos do teu estômago e representam riscos para tua saúde quando em excesso. Produz hormonas a mais, e aumenta o teu risco para problemas de saúde como doenças cardiovasculares, diabetes de Tipo II e cancro colorretal.

Podes verificar se tens gordura visceral a mais pegando numa fita métrica e medir a cintura. Uma cintura com mais de 1 metro põe os homens em risco para diabetes e doenças de coração; para as mulheres, tudo o que esteja acima dos 90cm.

As provas são claras: sem dúvida, a melhor forma de queimar gordura corporal (incluindo gordura abdominal) é trocar para um metabolismo que queime gordura, através do controlo do consumo de hidratos de carbono. É neste ponto que a Atkins entra. Com a Atkins, heis o que fazes e como isso tem efeito na tua cintura:

 Corta o açúcar – O teu organismo está construído para suportar o equivalente a apenas uma ou duas colheres de chá de açúcar de cada vez, e tudo o que esteja acima disso tem o potencial de ser convertido em gordura corporal. Felizmente, a Atkins é naturalmente baixa em hidratos de carbono que posteriormente se transformam em açúcar. E quando os hidratos são baixos o suficiente, o teu corpo está a queimar gordura como fonte de combustível, que é o ideal para queimar as reservas de gordura (especialmente à volta da barriga).

O poder da proteína – Com a Atkins, ingeres a quantidade ótima de proteína (nem muito, nem pouco). Quando incluis alguma proteína em cada refeição e snack, és capaz de controlar a fome e a vontade de comer, que é o segredo para afastar a pança.

Corta os hidratos – Quando cortas os hidratos de carbono refinados como pão branco, arroz, masas, bolachas, doces e batatas fritas e te concentras em alimentos hidratos de carbono ricos nutrientes e fibra, como vegetais e frutos de baixo índice glicémico, começas a perder gordura corporal, porque, mais uma vez, o teu corpo está a queimar gordura como fonte de energia.

Gorduras saudáveis são tuas amigas – Quando reduzes os hidratos de carbono e açúcar, e o teu corpo está a queimar gordura como fonte de combustível, podes desfrutar de gorduras saudáveis como azeite, manteiga, abacates, frutos secos e certos tipos de molhos.

image
Publicado por Linda O'Byrne
Atkins Nutritionist